Tarifômetro: Tarifa X Salário Mínimo

Compartilhe o Post

Vamos considerar a Tarifa Média do “Recebimento de Contas” exclusivamente, ou seja, não levaremos em conta a Tarifa paga pela CAIXA pelos Serviços Bancários que não sejam de “Receber Contas”.

Esta Tarifa Média varia de R$ 0,77 a R$ 0,85 conforme o tipo de “Recebimento” que se faz na Lotérica. Vamos adotar o valor de R$ 0,81 para esta Tarifa Média (Junho/19).

Desta forma, o Lotérico recebe R$ 810,00 por um pacote de 1.000 Contas Recebidas (Autenticações).
Este será o nosso parâmetro:
       1.000 Autenticações = R$ 810,00, em 06/2019
No entanto, quando tudo começou:
      1.000 Autenticações = R$ 190,00, em 1996

Pergunta-se:
Com 1.000 Autenticações = R$ 810,00 (2019) compra-se as mesmas coisas que se comprava com
1.000 Autenticações = R$ 190,00 (1996)?
– Para responder vamos considerar 5 itens e compará-los com o valor atual (Maio/2019) da Tarifa .
Neste texto faremos a análise comparando com o Salário Mínimo:

(4) Salário Mínimo

 

 

 

As 1.000 Autenticações, em 1996, correspondiam a 1,696 Salários Mínimos.
As 1.000 Autenticações, em 2019, correspondem apenas a 0,812 do Salário Mínimo.

As mesmas 1.000 Autenticações, correspondem a 1,696-0,812 = 0,885 do Salário Mínimo a menos!
Poder de Compra do Lotérico: Redução de 52,2% (0,885/1,696)

Comentário:
Vale lembrar que os 3 primeiros Produtos/Serviços considerados fazem parte do conjunto de itens que são mensalmente analisados para o cálculo da Inflação Oficial no Brasil, que é feito pelo IBGE.

Perda do Poder de Compra do Lotérico

 

Considerando as análises dos 5 itens, a tabela acima mostra a perda do Poder de Compra do Lotérico de 1996 a 2019, item por item e apresenta a Média de 40,7% desta perda!

 

CRV Sistemas & Consultoria
(19) 32 51 55 00
WhatsApp:
(19) 9 91 22 33 36
(19) 9 84 03 35 71
www.crv.com.br
crv@crv.com.br
Usufrua dos nossos 35 anos de experiência em Loterias

PS: Já pensou resolver todos os problemas da sua casa lotérica em um só clique? Clique aqui e veja como.


Compartilhe o Post

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *